Já assistimos à “Capitão América 2: O Soldado Invernal” e eu não sei quanto de vocês estão familiarizados com o termo “blowed mind“, mas é exatamente assim que o espectador sai do cinema, traduzindo, sai ao mesmo tempo querendo gritar, correr, chorar e ficar deitado no chão em posição fetal. O segundo filme do herói hiper patriota estreou essa semana por aqui e já lotou salas do Brasil inteiro, além de estar no topo em todos os países em que tiveram o uniforme coladinho do Capitão estampando suas bilheterias.

[SEM SPOILER] Esse segundo filme do Capitão trás o que podemos esperar, e o que foi divulgado pelos chefões da Marvel anteriormente, como um filme mais adulto, com um cunho mais sério e sem tantas piadas como a trilogia Homem de Ferro e os filmes dos Vingadores e do Thor. Aqui as piadas ficam por conta do humor ácido do Nick Fury (Samuel L. Jackson), a zoa por parte da Viúva Negra (Scarlett Johansson) e agora o novo amigo da galera: Sam Wilson, a.k.a Falcão Negro, interpretado pro Anthony Mackie. Se trata de um filme mais adulto até mesmo pela linha que a história segue, as cenas de ação de tirar o fôlego e pela presença do novo vilão, o tal Soldado Invernal.

AVISO: A PARTIR DAQUI O TEXTO CONTÉM SPOILERS! ESSA É A SUA ÚLTIMA CHANCE, NÃO VENHA COM MIMIMI DEPOIS!

PRIMEIRO SPOILER (que talvez não seja tanto um spoiler, depende o quanto você conhece da história): o tema desse filme gira, quase que por completo, em torno de confiança e liberdade. Até onde podemos confiar em um amigo e até onde aquele amigo confia em nós, e por outro lado, qual é o verdadeiro sentido de liberdade, o que significa essa liberdade que nos vendem ? Essas são as indagações que Steve Rogers faz e são as mesmas que o levam à uma exibição o homenageando. Lá, além da sua história de vida, o personagem pode relembrar os amigos com quem lutou durante a guerra, há uma ala só para contar a sua amizade com o Bucky Barnes, o único soldado que chegou a morrer durante a missão e que era o seu melhor amigo. Algum tempo depois no filme a identidade do Soldado Invernal é revelada e BOOM: BUCKY BARNES!

Para quem não sabia dessa reviravolta na história é um choque e tanto, mas para quem já conhece a história do Capitão América sabe que esse é só o começo do novo Bucky Barnes, que irei discutir lá no final do post.

Agora vamos às algumas referências maravilhosas que esse filme nos mostrou e que já sinalizam o que será a fase 3 da Marvel.

1) Stark, Stark, Stark

Em todo esse seu conflito de confiança, Capitão América encosta Nick Fury na parede e pede para ter acesso a mais informações da S.H.I.E.L.D. além de outras coisas. O segundo decide então mostrar uma área da Agencia que o Capitão ainda não conhecia: o Projeto Insight, que consiste em uma nova espécia de caças para abatimento rápido de ameaças e 3 porta aviões GIGANTES, capazes de coletar informação e detectar uma ameaça antes mesmo que ela possa se concretizar (oi pra Minority Report), e Fury diz que a construção desses porta aviões foi facilitada pela ajuda de ninguém mais, ninguém menos que Tony Stark. Pra quem lembra, em Vingadores Tony fez a turbina do avião da S.H.I.E.L.D. voltar a funcionar voando no meio dela. Já a segunda referência, vemos a Torre Stark já reformada após sua destruição em Vingadores, o que nos leva à 3 referência Stark que estão ligadas por um mesmo fio: o algorismo Zola.

Durante todo o seu discurso, Zola conta como sobreviveu e a mentalidade da nova HYDRA para isso cita o Soldado Invernal sendo responsável por diversas mortes, incluindo a de Senhor Stark Pai. Quando Steve Rogers e Natasha vão interrogar o agente da HYDRA infiltrado na S.H.I.E.L.D., Jasper Sitwell, ele diz q o algorismo será responsável por matar qualquer um que seja ameaça aos planos da HYDRA, e é nesse momento que a torre de Tony aparece magnânima, mas também…

2) Doutor Estranho, ou Stephen Strange

Enquanto Sitwell explica melhor o que seria o algorismo Zola, ele solta os nomes Tony Stark, Stephen Strange e Bruce Baner como maiores ameças. Essa simples menção ao nome do mais conhecido Doutor Estranho, o neurocirurgião com poderes mágicos do Universo Marvel, é muito mais do que uma referência, é a própria Marvel dizendo: “Tó, seus nerds! O filme do Doutor Estranho vai sair já já e vocês vão chorar com a nossa fase 3, seus bunda mole!”. Claro que fiz pouquíssimas adaptações ao discurso Marvel, como vocês puderam notar. Pouquíssimas. INDO PARA A PRÓXIMA REFERÊNCIA:

3) A Lista do Capitão América

Logo no começo do filme somos apresentados a Sam Wilson, quem já simpatiza com o Rogers e no final da conversa entre Steve e Sam, que se tornaria mais tarde o Falcão Negro, o último diz para procurar uma música de Marvin Gaye que foi trilha do filme homônimo à música. Mas como os irmãos Russo, diretores do filme, não são meros diretores e tiveram uma criação dentro de filmes cheios de referências históricas e culturais, eles mesmos decidiram fazer as suas em Capitão América 2, sendo a menção da música de Gaye uma referência na verdade ao filme que conta a história de um homem acusado por um criem que não cometeu e foge tanto da polícia quanto dos vilões, mas que consegue reconhecer o bem e o mal nos dois lados. Parece familiar?

Aliás, cada país recebeu uma “lista”, a do Brasil contava com os itens “Ayrton Senna” “Xuxa” “Mamonas Assassinas”; a dos EUA, com o seriado “I Love Lucy”, “Muro de Berlim”, “Steve Jobs (Apple)”,  “Disco” e “Pouso na Lua”; da Inglaterra continha “TV Show – Sherlock”, “Os Beatles”, “Final da Copa do Mundo (1966)”, “Sean Connery”. O AC/DC aparece na lista da Austrália.

4) Aula de História

Como eu disse no tópico anterior, os irmãos e diretores rechearam esse filme de referências históricas e culturais, duas delas chamaram atenção, uma bem mais que a outra. A primeira é na cena em que Natasha coloca o pendrive no computador central, que antes não sabíamos ser o Zola, e parece uma frase “Shall we play a game?”, ou na tradução livre “Vamos jogar?” (desculpa, eu acabei assistindo legendado e não sei como apareceu na tela dublada). Essa frase faz alusão ao filme Wargame de 1983, sobre a Guerra Fria. A Viúva Negra ainda tenta explicar, mas o Capitão é curto e grosso e já tasca um “Eu sei, eu assisti esse filme”.

Já a segunda referência histórica está mais escondidinha, pra ser mais precisa, no apartamento de Steve Rogers. Quando Fury invade o apartamento de Rogers por ser o local seguro que precisava para se esconder, temos o que chamam de “stablishing shot”, cenas rápidas para o interlocutor saber e se familiarizar com o ambiente onde irá se passar o dialogo, nisso conhecemos melhor o apartamento do Capitão e ali na sua estante está o livro “Never Surrender”, a autobiografia de um dos maiores atores das Forças Especiais dos EUA e cabeças da CIA, William Boykin. Boykin foi uma figura controversa na história americana, completamente mergulhado na Guerra ao Terror e responsável pela frase “O que você está preparado para dar à América? Você estaria prestes a pagar o preço mais caro [preço de uma vida]?”. Bem Steve Rogers, bem Capitão América.

5) O Colar da Viúva Negra

Como o Gavião Arqueiro não aparece nesse filme a própria atriz Scarlett Johansson decidiu fazer uma leve homenagem: um colar com uma flechinha. Bem sutil e escondido, assim como o relacionamento da Viúva Negra e Gavião Arqueiro. O que nos deixa a dúvida: será que Gavião não apareceu porque está cuidando dos assuntos da S.H.I.E.L.D na Europa, hein? Deixaremos essa discussão para mais tarde.

6) Peggy Carter x  Sharon Carter

Nesse filme fica ainda mais evidente o afeto que Steve nutria e nutre por Peggy Carter, e até mesmo o papel que ela teve na elaboração da S..H.I.E.L.D., mas outra peça entra nesse quebra cabeça amoroso: a agente 13, ou mais conhecida como a vizinha enfermeira de Steve. Depois de se apresentar como Agente 13 e incumbida da proteção de Rogers, a agente diz seu nome: Sharon Carter. Oi? Coincidência? Destino? Marvel sendo zoeira? Não se sabe ainda qual sera a relação entre as duas Carters e se o próprio senhor de 95 anos se possibilitará ter uma relação.

7) A lápide de Nick Fury

Essa foi a referência mais emblemática do filme, a que me fez querer ajoelhar no chão e chorar depois que me toquei o que tinha acontecido naquele momento. O shot que mostra a lápide de Fury é meio rápido então possivelmente muitos não conseguiram perceber o peso daquilo, então vamos lá. A citação que está na pedra em inglês é “The path of the righteous man. Ezekiel 25:17.” e essa, meus caros, é uma das falas de Jules Winnfield, Pulp Fiction, também interpretado por Samuel L. Jackson…

Darei um momento aos senhores para digerir essa informação e chorarem.

Acabou o momento.

8) Stan Lee e o criador do Soldado Invernal

Já é de praxe Stan Lee fazer uma pequena aparição nos filmes da Marvel, então não poderia faltar uma em Capitão América 2 e dessa vez sua aparição ficou a cargo do roubo do uniforme vintage do Capitão América. Ele como segurança do museu dizendo que seria demitido por aquilo❤❤❤  Mas essa não foi a única aparição de um responsável pela história, Ed Brubaker, criador do Soldado Inverval e escritor da história que dá base ao filme, mostra sua pessoa querida como um dos cientistas da HYDRA. Quando Pierce, interpretado por Robert Redford, pede para apagarem novamente a mente de Bucky Barnes, aquele senhor rechonchudo que acopla a máquina à cabeça de Bucky é o Sr. Brubaker.

E agora chegarei com os dois pés no peito. Até aqui foram spoilers leves, dependendo da sua ciência ao arco da história, mas a partir desse ponto as duas próximas e últimas referências já são um gancho para Vingadores 2 e o que pode ser a fase 3 da Marvel em diante.

 9) Os Gêmeos

Quem conhece os filmes da Marvel e tem o mínimo de paciência, sabe que existe dois curtas após os créditos, um referente ao próximo filme do Universo Marvel e um sobre o próximo filme daquele personagem. Então vamos ao primeiro e o que vimos. Vimos o septo de Loki em poder do Barão Wolfgang von Strucker, o que nos liga ao próximo lançamento Marvel: Os Guardiões da Galáxia, por ser uma das relíquias, mas na cena seguinte nos são apresentados “os gêmeos” e aí entra a beleza do Universo Marvel gigantesco. 

“Mas quem, caralhadas, são esses dois loucos?!” Nos quadrinhos eles são Mercúrio e Feiticeira Escarlate, filhos de Magneto, sim, o mutante badass de X-men, mas em Hollywood nada é tão fácil e os direitos dos mutantes pertence à Fox Studios e, a saída que a Marvel encontrou para coloca-los na mesma história sem ter que passar por processo judiciais foi a referia “Era dos Milagres”, ou “Age of Miracles” como o Barão chamou. Os gêmeos serão milagres (mutantes) agora resta saber se induzidos e não de nascença como na história dos X-men. Nos quadrinhos os irmãos começam como vilões que fazem parte do grupo malvado de mutantes, mas após trabalhar com o Capitão América e os Vingadores, são chamados para fazer parte do grupo de super heróis.

Já vazaram algumas imagens e vídeos da Feiticeira trabalhando lado a lado com o Gavião Arqueiro (talvez um dos motivos que ele não tenha aparecido em Capitão América 2?) e seu irmão Mercúrio. Algumas filmagens só dos irmãos foram rodadas na Itália. Quando Fury se despede de Steve e Sam ele diz que irá para a Europa procurar mais membros da HYDRA. Pronto, gancho formado.

10) O Futuro de Steve Rogers, Bucky Barnes e Brock Rumlow

Essa pode ser a mais atordoante para alguns leitores que não estão familiarizados com a HQ, então aqui vai o último aviso: HÁ A MORTE DE UM DESSES DOIS, SE VOCÊ NÃO QUER SABER PARE AQUI E AGORA!

Quando o filme acaba, vemos o Soldado salvando o Capitão, mas ao invés de retornar para seus mestre, o assassino vai se recobrar de seus sentimentos. O último curta pós créditos é Bucky indo ao mesmo museu que Steve e tenta relembrar quem foi em sua outra vida e quem aquele louro bombado significava apar ele.

10.1) Chris Evans tem contrato assinado com a Marvel para 6 filmes, sendo que 4 desses já aconteceram (Capitão América 1, Vingadores 1, Capitão América 2 e Vingadores 2) o que deixa lastro para a tão comentada fase 3 da Marvel: Vingadores 3 e Capitão América 3. E depois disso? O que acontecerá com o Cap.? Bom, Sebastian Stan, o ator que faz Bucky Barnes tem contrato assinado para OITO FILMES, sim, a Marvel já estava se cobrindo. Quem leu as HQs sabe como e porque a Marvel se cobriu. O Capitão América Steve Rogers morre, e pelas mãos do Ossos Cruzados que já nos foi apresentado. Sim, o agente da HYDRA, Brock Rumlow quando é retirado dos escombros já com sua face deformada e as faixas do seu uniforme cruzadas é uma insinuação ao que será a vestimenta do vilão daqui pra frente.

“Mas se Steve morre, quem assume depois?😥 “, seu melhor amigo, Bucky Barnes. Após a morte de Rogers, o posto de Capitão não pode ficar vazio, então Barnes assume o uniforme e escudo, que os diretores já deixaram a dica quando os dois amigos estão lutando no meio da rua e o Soldado poe as mãos no escudo.

Captain America: The Winter Soldier

Bom, o texto foi beeem longo, mas tentei puxar 10 das inúmeras referências que existem no filme. Se você achou mais alguma comente aí em baixo, se não achou mas agora consegue lembrar das que leu, comente também aí em baixo. Mas se você, teimoso, odeia spoiler e leu o texto e agora tá querendo me bater, desculpa, eu moro longe e você não vai conseguir.

Fiquem espertos que terão mais posts sobre o Universo Marvel em breve!

Beijos!

Bella Alves Garcia

Comentários em: "Referências em Capitão América 2" (4)

  1. Cara genial sua postagem,pra mim que não acompanhei os quadrinhos do capitão America por não ser muito fã dele,e ter assistido o filme e não ter prestado atenção nas referencias suas postagens esclareceu muitas das minhas duvidades.Valew mesmo.

    • bellabaudelaire disse:

      Que bom que gostou! O lema aqui é “servir bem para servir sempre”!
      Estamos juntando mais algumas novidades e em breve sairá sobre as especulações acerca d’Os Vingadores 3

  2. Fabio disse:

    Só uma correção: não existe “algorismo”, o correto é “algoritmo”.

  3. leonardo disse:

    bom texto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: