Posts marcados ‘lésbica’

SAC do Pirulito: Meu negócio é bacurinha, e agora?

O Pirulito volta a ajudar seus seguidores aflitos através do ‘SAC do Pirulito’. Vamos conhecer a história da Eliza.

Eu sou lésbica, e minha meus pais estão prestes a me expulsar de casa por conta disso. E o pior é que a minha mãe e a mãe da minha namorada mantém contado direto e combinam sempre de ‘ pegar a gente no flagra ‘. Nós nos amamos muito, e eu não vo dexar ela por nada. Tenho 16 anos, e ela 17. Pretendo fugir com ela quando completar 18 anos, o problema é que eu não aguento mais essa desconfiança aqui em casa, porque tipo, as coisas nuncam ficam bem. Minha mãe sabe que eu ainda tenho contado com ela, eu tenho que fingir que não tenho, e ela fica só na desconfiança. Fica um clima horrivel, e me atrapalha muito pscologicamente, pq no geral eu nunca tive um bom relacionamento com minha mãe. A gente sempre se vê, e se fala todos os dias.  Mais minha mãe já me disse que ia me abandonar como filha, que ia me expulsar de casa, que eu era uma vergonha, que eu ainda ai matar ela, e efim, esse tipo de coisa sabe.
Outra coisa, é que eu nem sei ao certo se eu realmente sou lesbica. Pq tipo, eu não sinto atração por meninas e nem por meninos, sinto atração só pela a minha namorada sabe. Eu não sou masculina sabe, sou normal, como qualquer outra mulher.
mais enfim, quero fica com ela, e vo ficar. mais queria que ao menos minha mãe tentasse ou engolisse a ideia. Espero tua ajuda, beeijos :*

lesbicasAcho que o melhor é dividirmos o seu problema em dois, o primeiro é a relação com sua família, o segundo com a sua sexualidade. Vamos as dicas do Pirulito:

Sexualidade

Nas meninas é super normal surgir a dúvida: não sei se sou lésbica ou bi, acho que não sinto tesão por ninguém e só por minha namorada. No caso dos garotos isso é fácil de se descobrir, em se tratando de desejo se curtiu o pinto sobe e ponto final. Agora nas meninas, o processo de identificação é mais complicado, os desejos e as áreas do corpo “ativadas” nessa hora não são simples de se identificar. São várias regiões que podem ser acionadas na hora do tesão, outro ponto que pode dificulta é que menina é mais acostumada com o afeto, com o abraço e o toque carinho com outras meninas, é super normal amigas dormirem juntas, passarem o dia inteiro juntas, dizerem eu te amo umas pras outras e tals. Por isso, o processo de identificação da sua sexualidade pode ser mais complicado, e enquanto ele não estiver esclarecido dentro de sua cabeça será complicado para você explicá-lo para os outros. Faça uma viagem para dentro de você, compare o que sentia com seus namorados e com suas namoradas, pense no futuro: como você se vê: ao lado de uma mulher? ao lado de um homem? Procure se conhecer melhor, se descubra! Outra coisa: lésbica é normal e é mulher. Não precisa ter estilo de homem para ser lésbica, isso são rótulos que espalharam por aí e que só disseminam o preconceito.

 

Família


Já que eles descobriram, não caia na besteira de fingir que isso foi só uma fase e que agora você já sabe que teu negócio é pica. Não adianta chorar pelo leite derramado, o que se tem que fazer é buscar alternativas de convivência. Fungir de casa não é a solução dos seus problemas, mas sim o começo de outros bem piores, a não ser que você já saiba exatamente como vai sobreviver. O ideal é que você se aproxime das pessoas com quem você tinha uma relação melhor: com quem você se dava bem antes? pai? irmãos? tios/primas? Essas pessoas tendem a aceitá-la melhor e é com elas que você pode recomeçar a se aproximar de sua familia, se a relação com sua mãe já era tensa antes, melhor deixá-la por último. Assim, você vai criando uma “rede” com as pessoas que te aceitam e a convivência vai melhorando. Pode ser que, o máximo que você consiga é a indiferença: as pessoas passam a ignorar o fato de você ser lésbica, não falando do assunto ou fingindo desconhecer, bom, mas isso já é bem melhor do que a recriminação.

E aí, alguém tem mais alguma dica para sugerir para a Eliza? Deixem sua opinião comentando esse post. E se precisarem de ajuda mandem suas dúvidas para o SAC do Pirulito: pirulitodebanana@gmail.com.

Um super BjoMeChupa,

@Pirulitodbanana

Anúncios

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: